Sunday, June 29, 2008

(Desculpe o modo de escrever,estou na fase de "reabilitação na escrita")




Já te vi e sempre te amei.Podia ser até algo romântico,mas estou falando de coisas de fã.
Acho que todos sabem de quem estou falando.Mas vou falar alem do que os olhos podem ver e os ouvidos podem escutar.
Também vou falar de sonhos.Sonhos que fizeram o homem chegar na Lua,construções gigantescas serem construídas.Mas acho que meu sonho é bem mais terrestre do que os de alguns astronautas.
Meu sonho é viver aqui mesmo na Terra,por mais que a minha cabeça esteja em nosso não-mais-planeta Plutão.Gosto de deixar eles ali,lá no supostamente impossível.Eles vão sim mudar.Podem querer chegar a uma galáxia,ou até a esquina.Mas meu pai me ensinou a deixa-los em cima da cabeça mais perto do céu e além.Coisas que não podem ser alcançadas apenas pelo querer,mas também pelo ralar.Assim como se leva algum tempo para se construir as gigantescas naves que são feitas no chão.
Lembro que tinha apenas 7 anos e morava na cidade que nasci.Eu queria ser cientista e me mudar para o Rio para estudar na federal de química.As pessoas achavam legal eu querer isso,mas nunca acreditaram que eu conseguiria.Faz quase dez anos que sonhei em estar onde estou,na cidade que sempre quis morar,no colégio que sempre quis estar.E ainda tem gente que não acredita que os sonhos podem se tornar realidade.
Mais recentemente,quando eu dançava,queria que as pessoas olhassem e dissessem: “Você dança muito!”.Quando entrei na dança eu era um pedaço de concreto querendo se retorcer.Chegava em casa depois da aula e ficava no quarto passando e passando a coreografia.Lembro de as vezes sentar e chorar por não conseguir dançar direito.Foi ai que decidi não parar.Dançava em todos os lugares,não parava de me mexer.Então,um belo dia eu escuto o tão desejável “você dança muiito”,além de receber aplausos e um imenso grito; “Marcela,ta arrazaaaaaaaaaaaaaaaando!” de uma pessoa que eu admiro muito na dança,enquanto ensaiava .Além do meu ex.professor,no qual não é qualquer um que é elogiado por ele,ficar com o queixo caído em um improviso que nem era pra improvisar,que acabou sendo para improvisar.Entre outros elogios dele e de outras pessoas.
Ah,várias outros sonhos que eu imaginava não conseguir,mas como não tinha nada a perder dei o meu máximo e acabei conseguindo até muito mais do que queria.
E aonde quero chegar com isso?E a parte do fã?
Por mais que seja estranho fazer uma junção de sonho e fã agora essas duas coisas andam juntas em meus objetivos.Coisas ruins aconteceram na minha vida.Coisas que ninguém imagina que já passei e coisas que muita gente sabe.Mas hoje em dia das que mais lembram é de uma que é algo triste para alguns,mas para mim foi só um passo para trás que tive que dar para aprender o que ainda não sabia.Outra que pode ser cômico ou fanatismo idiota para outros.
Como muita gente sabe,eu repeti de período.Foi estranho,mas não triste.Não chorei,nem fiquei me lamentando.Eu só pensei “ta,você é idiota.Agora sua antinha vamos aprender com isso e não cometer os mesmos erros.”! Foi nessa parte que aprendi o que é determinação.Eu que fazia de má vontade tudo que tinha que fazer de novo,determinei para mim que dessa vez eu ia ralar,pois o meu objetivo era passar direto e passei!
A outra coisa é não ter conhecido a Joss.Isso foi horrível.Eu chorei quando voltei para casa depois do show.Estranho né?!Eu não chorei porque repeti,mas chorei por uma pessoa que não conheci e nem conheço.Mas essa parte aumentou a minha determinação.Hoje,quando lembro,fico com raiva e transformo a raiva em mais determinação.Determinação para conseguir trabalhar com a Joss!Eu sempre gostei dela e nunca pensei nessa hipótese antes do show.Descobri que um outro sonho antigo estava dormindo,mas nunca saiu do coração: Ser famosa!
Comedia, né?! Muita gente quer isso.Eu acho que “ser famosa” soa feio,uma utopia sei lá.Mas quem foi à Lua era um ser humano.Ele batalhou para estar onde esteve.Assim como vários artistas.E o que me faz diferente deles? Só que eles já estão aonde eu quero estar.E isso não quer dizer que eu ou você não possa,apenas temos que construir no chão a nossa nave para ela chegar a qualquer parte do universo!
Sonhe!Não deixe ninguém dizer que não é possível,pois quem diz isso ainda acha que as naves são construídas no céu.

2 Gorjetas:

Tai Brasil said...

Sonhos são são impossíveis pra quem se diminui.
Você vai ser famosa, vai dançar pelo mundo, vai ser a versão feminina do Justin, nunca duvidei disso.
Porque sei que quando A Marcela quer algo, ela corre atrás e faz mais do que seu máximo pra conseguir.
Eu te admiro por isso! As vezes sinto uma pontinha de inveja, tenho que admitir!
Eu tava com você quando você soube que não passou e nenhuma lágrima caiu dos seus olhos, quando eu vi isso fiquei estonteada e tenho que confessar que um pouco preocupada.
Pensei que talvez você só quisesse parecer forte e não chorar na frente dos amigos, mas com o tempo descobri que não foi por isso.
Que você reconheceu que deveria ter se esforçado mais e que você estava aceitando e que tinha muita garra pra fazer tudo de novo e passar direto.
Aí que a minha pontinha de inveja entra. Se fosse eu, eu teria chorado muito, gritado, culpado todos possíveis para depois sim reconhecer que a culpa foi minha, eu nunca iria aceitar isso e entreria em depressão.
Você é uma pessoa forte, determinada. Insiste até não poder mais.
Essa é uma das razões do porque você é importante pra mim.
Você me mostra que eu deveria ser mais assim.
Te amo MELHOR amiga!

KrOu said...

Ela vem com esse papinho "reabilitação da escrita"... ;p
Quando eu crescer vou escrever que nem você .. *-*
E eu vou poder dizer que te conheço...pq quando eu crescer vc vai ser famosa e vai dar passes VIPs pa mim e pa minha amiga de cima.. e a gnt vai cantar...e vamos ser bem sucedidas e viver na nossa própria versão de sexy and tha city... ;D